Notícias

Quais documentos traduzir para morar no exterior

A cada ano, mais e mais brasileiros decidem deixar o Brasil rumo ao exterior. Contudo, muitas das pessoas que sonham em morar fora não têm ideia de como fazer isso. Antes mesmo de escolher o destino, é importante decidir o que você quer fazer, se o objetivo é estudar uma língua diferente, fazer um semestre da universidade, cursar uma pós-graduação ou mestrado, trabalhar, ou viajar a lazer. Quando decidida a meta da temporada internacional, é hora de se preocupar com questões como custo, documentação, burocracia. É necessário se informar sobre as leis que regem o país escolhido e avaliar quais comprovações são exigidas para brasileiros no local que se pretende visitar.

A primeira coisa a fazer é tirar o passaporte, sua identificação fora do Brasil. Para os que já têm, é bom lembrar de verificar a validade, porque alguns países limitam a entrada de estrangeiros com passaportes perto da data de expiração. Outro passo importante é procurar saber se há necessidade de visto, que é a autorização de entrada no país. Existem diversos tipos de visto, a custos também distintos, por isso tenha em mente exatamente qual é o propósito da sua viagem, pois as autorizações são diferenciadas. Uma boa fonte de informação são os sites das embaixadas e consulados.

Se o interesse é estudar outras línguas, o ideal é viajar para um país em que você consiga praticar diariamente o idioma novo: francês na França, espanhol na Espanha ou países da América Latina, inglês nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra ou Austrália, e assim por diante. Se o objetivo é fazer um intercâmbio universitário, procure os cursos que possuem convênios com a sua universidade. Já para os que desejam ingressar numa pós, mestrado ou MBA, procure conhecer as escolas que oferecem cursos que você procura. Para o visto de estudo, é preciso ter a carta de aceite da instituição de ensino. E para todos esses interesses acadêmicos, é primordial traduzir todos os documentos escolares relevantes, tais como diplomas, históricos e certificados de cursos.

Agências de intercâmbio do Brasil oferecem diversas opções. Já para quem quer construir carreira no exterior, é possível começar a buscar trabalho de onde estiver, procurando vagas na internet e mandando currículo para todas as vagas que achar interessante. Para obter o visto de trabalho, primeiro você deve passar no processo seletivo de uma empresa, e esta deve providenciar uma parte dos documentos que devem ser apresentados para a solicitação do visto. O mais importante nesse caso é preparar um bom currículo na língua do país de destino para, assim, conseguir chamar atenção ao seu material para a vaga concorrida.

Além desses documentos básicos, para passar tranquilo no controle de imigração do destino, o viajante deve portar a passagem aérea de ida e volta, os comprovantes de hospedagem e demais que comprovem o motivo da viagem ou vínculos com o país de origem. Recomenda-se outorgar uma procuração no Brasil, conferindo poderes a outra pessoa para praticar atos ou administrar seus interesses durante o período no exterior. Alguns exemplos de casos em que é necessária a procuração são: administração de contas bancárias, representação em repartições públicas ou privadas no Brasil pra solicitação de documentos pessoais, quitação de compromissos eleitorais e fiscais no Brasil, entre outros. Antes da viagem, também é recomendado fazer cópias de tudo que vai precisar no destino e deixar com o procurador no Brasil.

Normalmente, a lista de exigências e documentos é grande, e todos eles devem estar em perfeito estado, com reconhecimentos de firma, cópias autenticadas, legalizações, traduções juramentadas, e assim por diante. O processo pode levar alguns meses, contudo, isso depende da sua agilidade e da agilidade dos prestadores de serviço.
PapricaAerea00006

Ver todas as notícias